Início > Brasil, Imprensa > BRASIL ► Deu na internet: “’O Globo’ fede”

BRASIL ► Deu na internet: “’O Globo’ fede”

Saiu no site Vi o mundo, do jornalista Luiz Carlos Azenha:


1 de abril de 2010 às 18:20

Marco Antonio Araujo: O Globo fede

por Marco Antonio Araujo, no blog O Provocador, no R7
A Dilma não vai contar com meu voto. Talvez nem precise dele. Mas ela pode dispor da minha solidariedade contra as grosserias dessa oposição que embrulha peixe.
E literalmente fede, como a primeira página de O Globo desta terça-feira, 30. Vejam a reprodução:
Foto: Reprodução
A foto carrega uma ofensa gratuita. É brincadeira de mau gosto, sem graça nenhuma. Um estilo jornalístico que já conhecemos bem. Fez história neste país.
Percebam como o fotógrafo (ou o editor) enquadrou a foto de forma que a placa atrás da dona Dilma fosse cortada. De propósito, a palavra “federal” ficou sem a última sílaba. E o “fede” se tornou uma legenda para a candidata do Lula. A Dilma fede? Que gente mais mal-educada!
O jornal se desincompatibilizou, afinal. Entrou em campanha. O palanque está montado. É apenas o começo. De uma história que virá em capítulos diários, como eles bem sabem fazer. Essa novela já tem a vilã.
E o herói vai ser construído aos poucos. O biótipo não ajuda, não tem pinta (nem cabeleira) de galã. Mas ele vai sair bem na foto. Nada que um bom enquadramento não resolva.
E eles são bons nisso. Bem melhores do que dessa vez. Coisa de amador isso aí. Não estou desmerecendo, nem pensar. Eles devem estar apenas calibrando as lentes, ajustando o foco.
Em breve, o clique da máquina vai se confundir com o barulho de um gatilho.
Preparar. Apontar. Fogo.
Marco Antonio Araujo
*** *** ***
Digamos que o “O Globo” deu um passo em falso dentro da conhecida linha de agir do jornal e acabou sendo sutil como hipopótamos patinando sobre gelo fino.
“O Globo”, para quem não sabe, é um veículo de imprensa (há controvérsias quanto a isso…) que faz parte daquele grupo que peca pela falta de credibilidade (“Veja” – a revista que mente até na lista de livros mais vendidos, “Folha”, “Estadão”…) e que luta para evitar a terceira derrota consecutiva em eleições presidenciais.

Basta reparar nas desesperadas manchetes de primeira página nas últimas semanas (meses? anos?) do referido matutino (“matutino” é bom, hein?) para perceber que não há qualquer exagero no parágrafo acima. O corte da foto dessa capa reproduzida no artigo de Marco Antônio Araújo chega a ser patético de tão infantil.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
Categorias:Brasil, Imprensa
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: