Início > NBA > NBA ► Em partida emocionante, Los Angeles Lakers vence o Jazz em Utah e abre 3 x 0 na semifinal da Conferência Oeste

NBA ► Em partida emocionante, Los Angeles Lakers vence o Jazz em Utah e abre 3 x 0 na semifinal da Conferência Oeste

Los Angeles Lakers 111 x 110 Utah Jazz
Semifinal Conferência Oeste
(3 x 0)



Jogando em Salt Lake City, o Utah Jazz fez um grande jogo contra o Los Angeles Lakers, uma das melhores partidas dos playoffs desta temporada, mas não teve como evitar nova derrota para seu tradicional rival e agora vê-se obrigado àquilo que ninguém acredita que vá acontecer: vencer quatro jogos seguidos contra os atuais campeões da NBA.


Apesar do jogo acirrado até o fim, quando teve duas chances de vencer a partida, no arremesso de Deron Williams que deu aro e no tapinha errado de Wesley Matthews, sozinho no rebote quando zerava o cronômetro, o Jazz desperdiçou sua chance no quarto inicial, quando ninguém no Lakers parecia ter entrado em quadra, errando todos os arremessos durante absurdos oito minutos. Quer dizer, ninguém, exceto Kobe Bryant.

Mesmo muito marcado, Kobe (foto) segurou o Lakers na partida até seus companheiros efetivamente começarem a jogar e no final o astro reapareceu com bolas decisivas, fechando a partida com 35 pontos e sete assistências. O Lakers contou com ótimas colaborações ofensivas de Derek Fisher e Ron Artest, que acertaram importantes bolas de três e terminaram com 20 pontos cada. Pau Gasol pegou 17 rebotes e anotou mais 14 pontos. Vale observar o sacrifício de Andrew Bynum. Visivelmente sem condições ideais, o pivô claramente evitou atacar a cesta, errando o único arremesso que tentou, mas ainda assim contribuiu com sete rebotes.

Pelo lado do Jazz, a frustração de não ter aproveitado seu melhor momento no início da partida para abrir frente no placar. É o melhor meio de derrotar o Lakers, principalmente jogando em casa: abrir vantagem suficiente para irritar os jogadores de Los Angeles, que muitas vezes, nessas circunstâncias, deixam de lado qualquer planejamento tático e largam tudo nas mãos de Kobe, o que às vezes não resolve. Foi o que o Thundercats conseguiu fazer ao longo da temporada, por exemplo. Deron Williams foi ótimo, com 28 pontos e 9 rebotes, mas talvez a bola do jogo devesse ir parar nas mãos de Kyle Kover, que acertara nada menos de nove em 10 arremessos tentados, inclusive todos os cinco que fez da linha de três.

O forte time do Jazz, agora, tem a missão quase impossível de virar a série, mas não vai rolar. Tudo bem que ano passado o Fluminense não caiu no Brasileirão e até hoje tem gente que não acredita nisso, mas não vai rolar. Mesmo a torcedora com o cartaz na foto antes de começar o jogo 3, será que ela ainda acredita?

Anúncios
Categorias:NBA
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: