RSS

NBA ► Embalado, Celtics bate Magic em Orlando e rouba mando de quadra

17 maio
Boston Celtics 92 x 88 Orlando Magic
Final Conferência Leste
(1 x 0)

Embalado após superar o Cleveland Cavaliers de LeBron James na semifinal, o Boston Celtics foi a Orlando e, à base de uma forte defesa, derrotou o Magic na primeira partida da final da Conferência Leste da NBA.


Talvez tenha sido a vitória do ritmo de jogo do Celtics sobre o descansado Magic, que assim conheceu sua primeira derrota nos playoffs desta temporada, já que havia varrido Charlotte Bobcats e Atlanta Hawks nas fases anteriores. Ou apenas tenha sido mais uma vitória de um time e uma franquia mais acostumados a decidir e vencer.

Paul Pierce voltou a produzir bem (22 pontos, nove rebotes e cinco assistências), o que faz uma baita diferença a favor do Celtics, mesmo em um dia em que Kevin Garnett arremesse muito abaixo de seus padrões (apenas quatro arremessos convertidos em 14). Também ajudou a compensar a má jornada do líder do time os bem-vindos 13 pontos de Rasheed Wallace, ainda assim jogando abaixo do que se espera. Além, claro, da boa partida de Ray Allen (foto), com seus 25 pontos e sete rebotes. Destaque na série anterior, Rajon Rondo foi apenas discreto. Principalmente, como costuma ser, o Celtics foi uma equipe de conjunto muito forte na defesa e competente no ataque.

Esse negócio de falta de ritmo de jogo eu acho meio questionável como desculpa para eventuais derrotas. Afina, o adversário estaria bem cansado. Mas que o Orlando Magic estava meio desconjuntado, isso lá estava. E inseguro. As jogadas não fluíam naturalmente e Dwight Howard fez uma partida horrível. Apesar de seus 12 rebotes, acertou apenas três de seus 10 arremessos e converteu sete erros não forçados. Foi uma atuação tão crítica de Howard que a torcida local deve ter lamentado o pouco tempo em quadra de seu reserva, o gigante polonês Marcin Gortat: com apenas 14 minutos em quadra, fez seis pontos (acertou três em três) e pegou cinco rebotes. Mas pior que o Super-Homem, foi Rashard Lewis: míseros seis pontos, acertando dois de 10 arremessos! O que ainda manteve as esperanças do time foi o esforço da dupla Vince Carter (23 pontos, enterrando na foto), muito ligado desde o início, e Jameer Nelson (20 pontos e nove assistências).

Terça-feira tem mais e o Magic com certeza entrará com outra atitude. Caso contrário, corre o risco de ser engolido na série.

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de maio de 2010 em NBA

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: