RSS

NBA ► Reservas Glen Davis e Nate Robinson dão vitória ao Boston Celtics sobre o Los Angeles Lakers: tudo igual na final

12 jun
Los Angeles Lakers 89 x 96 Boston Celtics
Final
(2 x 2)

Não vi necas. Tá, necas até vi. Mas bem pouco. Acompanhei mais depois, via internet e vídeos. E vi que o Boston Celtics conseguiu no segundo tempo levar vantagem sobre o Los Angeles Lakers no estilo de jogo que mais o interessa: o da briga, contato acirrado, poucos pontos. O Lakers parou de pontuar, o Celtics virou e venceu o crucial jogo 4, igualando a série decisiva da NBA. Domingo, jogo 5 ainda no Boston Garden.

E o sucesso verde deveu-se basicamente à energia imposta por seu banco, especialmente nas figuras de Nate Robinson e Glen Davis. Tanto o rechonchudo Davis quanto o esquecido armador Robinson já haviam sido decisivos em partidas importantes nos playoffs desta temporada. Desta vez, os dois destacaram-se ao mesmo tempo. E foi preciso isso para que o Celtics batesse seu tradicional rival quando não poderia perder em hipótese alguma, sob risco de praticamente dar adeus ao título.

Davis e Robinson juntos anotaram 30 pontos (11 de Davis apenas no último quarto) dos 35 pontos conseguidos pelos reservas do Celtics, superando em muito os 18 pontos do banco rival (10 de Lamar Odom) e efetivamente fazendo a diferença em mais uma acirrada e aguerrida partida da série. Para isso (não que seja algum demérito), muito contribui a limitação física de Andrew Bynum. Desta vez, o joelho do dominante pivô do Lakers só lhe permitiu 12 minutos em quadra, enfraquecendo bastante o garrafão dos atuais campeões.


No Boston Celtics, importante contribuição de Paul Pierce, com bons 19 pontos, seis rebotes e cinco assistências, para cinco
turnovers. E discretíssimas atuações de Kevin Garnett (13 pts, 6 reb, 3 ast), Rajon Rondo (10 pts, 5 reb, 3 ast) e, de novo, Ray Allen (12 pts, 5 reb). Com muita energia e pouco cérebro, Rasheed Wallace conseguiu mais uma falta técnica para sua coleção.


Na equipe do Lakers, Destaque para Kobe Bryant, que marcou 33 pontos (bom aproveitamento de 10/22) e pegou seis rebotes, embora cometendo sete erros. Pau Gasol contribuiu com 21 pontos e mais seis rebotes, mas não foi dominante como o time precisava na ausência de Bynum. Ron Artest, Derek Fisher e Lamar Odom foram os equivalentes californianos a Pierce, Garnett e Allen.


A série chega agora ao jogo 5 sendo, até o momento, totalmente disputada dentro da zona de conforto de Boston Celtics. Surpreende até como o Lakers em muitos momentos tem conseguido sentir-se á vontade dentro desse estilo de jogo. Com certeza, o Celtics está surpreendido. Não esperaria ter que despender tanto esforço com a série caindo no terreno em que deveriam levar larga vantagem. O que Doc Rivers deve fazer é fazer com que seu time impeça de todos os modos que o Lakers consiga impor um jogo de pontuação que seus comandados não terão condições de acompanhar. O modelo de jogo ideal para os verdes é o do segundo tempo do jogo de quinta-feira. Ali o time encaixou bem a marcação sobre o adversário.


Para o Lakers, a partir do momento em que optou (ou foi “optado”, por não conseguir impor seu jogo)  lutar com as regras do tradicional adversário, não pode baixar a guardar e deve torcer bastante para que o joelho de Bynum aguente mais uma semana de batalha. Sem ele, perde uma peça importantíssima para responder ao jogo do Celtics com suas (deles, do Celtics) próprias armas.


Mas é muito difícil fazer qualquer prognóstico, principalmente devido à grande irregularidade nas atuações dos jogadores de ambos os times. Seria até interessante que uma das partidas apresentasse todos os titulares jogando bem, para vermos o que ocorreria. Mas isso está difícil de acontecer. Ray Allen, Kevin Garnett, Paul Pierce, Rajon Rondo, Ron Artest, Derek Fisher, Lamar Odom, os dois bancos e mesmo Pau Gasol e Kobe Bryant… A maioria anda bem na base de uma no cravo, outra na ferradura.


Para quem aguentou ler até aqui, o vídeo da NBA para o jogo 4 desta grande e imprevisível final entre Los Angeles Lakers e Boston Celtics:

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de junho de 2010 em NBA

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: