RSS

NBA ► Quarteto verde funciona e bate um Kobe abandonado pelos companheiros: Celtics a uma vitória do título

14 jun
Los Angeles Lakers 86 x 92 Boston Celtics
Final
(2 x 3)

Em outro post eu comentei que seria bem interessante ver uma das partidas da série decisiva entre Los Angeles Lakers e Boston Celtics na qual os principais jogadores de cada equipe jogassem bem. Parece que o time do Celtics leu e gostou da ideia: Kevin Garnett, Rajon Rondo, Paul Pierce e Ray Allen tiveram grande atuação (quer dizer, Allen não foi tão bem assim, mas jogou o suficiente para ajudar) e conseguiram abrir 3 x 2 na decisão. Já pelo lado do Lakers, só Kobe Bryant disse presente. O comentarista da ESPN J.A. Adande até reparou bem que fazia todo sentido Kobe ter sido o único Lakers a comparecer para a coletiva, porque só ele esteve em quadra. Lamar Odom, Derek Fisher, Andrew Bynum (com todo o sacrifício, produziu muito pouco) e, principalmente, Pau Gasol tiraram uma noite de folga. Espera-se na Califórnia que apareçam para o jogo 6 na volta ao Staples Center, pois uma nova derrota acaba com o sonho do bicampeonato.

Pude ver com atenção mais ou menos os últimos trêsminutos, quando o Lakers tentava desesperadamente chegar no placar e o Celtics deu uma travada, não pontuando por um bom tempo. A diferença estabeleceu-se ali pelos cinco pontos, mas o Lakers mostrou que fazia de tudo para não vencer: nessa hora de reação, Artest, Gasol e Odom desperdiçaram quatro lances livres e a defesa não segurou dois rebotes vitais. Lamentável. E estava na cara de Kobe sua frustração com a atuação dos companheiros.

Alguns números de ontem:

Paul Pierce – 27 pontos, 2 rebotes e 2 assistências
Rajon Rondo – 18 pontos, 5 rebotes e 8 assistências
Kevin Garnett – 18 pontos, 10 rebotes, 5 roubadas de bola, 3 assistências e 2 tocos,
Ray Allen – 12 pontos (voltou a não acertar as bolas de 3), 3 rebotes e 2 assistências

Kobe Bryant – 38 pontos (19 no terceiro quarto), 5 rebotes , 4 assistências e 1 toco (o único do time)
Pau Gasol – 12 pontos (5/12 nos arremessos) e 12 rebotes
Derek Fisher – 9 pontos, 4 rebotes e 2 assistências
Andrew Bynum – 6 pontos e 1 rebote
Lamr Odom – 8 pontos e 8 rebotes

Na teoria, está tudo nos conformes: dois jogos em Los Angeles, três em Boston e 3 x 2 para quem jogou mais vezes em casa. Mas não é bem assim: se vencer o próximo jogo, o Celtics garante o título e evita um mais tenso ainda jogo 7 no Staples Center. O Celtics já venceu lá, pode vencer outra vez. Mas o Lakers venceu uma em Boston e não conseguiu vencer outra.

No meu exercício de “achologia”, esse jogo 6 decide. Se o Celtics vencer, óbvio, fecha o pacote (como diria minha esposa) e leva o anel. Mas se houver o jogo 7, acredito que o Lakers não vá deixar escapar o bicampeonato.

O Boston Celtics segue apostando tudo no coletivo, está muito confiante e sabe que se conseguir segurar o placar estará muito perto de mais um título. No Los Angeles Lakers, seria bom partir para um plano B, pois já não está nada confortável jogando no estilo do adversário. O ideal é impor seu ritmo e pontuar muito, porque aí tiraria o Celtics de sua zona de conforto: pontuar muito não é a de Kevin Garnett e companhia. Mas nada adiantará para o Lakers se Kobe Bryant não tiver ao menos uma pequena ajuda de seus companheiros.

Aí o minimovie da NBA:

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de junho de 2010 em NBA

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: