Início > Copa do Mundo 2010, Futebol > COPA DO MUNDO 2010 ► Após 48 anos, Chile volta a vencer em Mundiais, mas faltaram mais gols contra Honduras

COPA DO MUNDO 2010 ► Após 48 anos, Chile volta a vencer em Mundiais, mas faltaram mais gols contra Honduras

Após 48 anos, o Chile voltou a vencer uma partida de Copa do Mundo, ao bater por 1 x 0 a fraca e pouco ambiciosa seleção de Honduras. O time sul-americano dirigido pelo argentino Carlos Bielsa é bem intencionado, tem jogadores leves e habilidosos, valoriza a posse de bola e joga para frente, mas, talvez pela ausência do artilheiro Suazo, mostrou pouco poder de conclusão e perdeu a chance de marcar gols que poderão fazer falta mais adiante.

O Chile sempre teve a posse de bola e com ela rondava a área adversária, mas ciscava muito e finalizava pouco. Valdivia era o maior exemplo disso, sem mostrar qualquer objetividade durante o jogo inteiro. Mas outros chilenos foram mais eficientes. Após o ritmo dar uma caída, uma boa enfiada de bola de Matiaz Fernandez para Isla ir ao fundo cruzar rasteiro deu origem ao gol de Beasejour.

Quem esperava que Honduras fosse sair mais para o jogo, enganou-se totalmente. A defesa chilena até dava espaços para finalizações de fora da área, que os hondurenhos aproveitaram (mal) algumas vezes. No segundo tempo, nem isso. O time caribenho seguiu sempre na mesma toada: todo recuado, apenas com o veterano centroavante Pavon à frente (fez muita falta o contundido atacante Suazo). Foi o tempo inteiro assim, sem encaixar um contra-ataque sequer, esperando algo acontecer – e nada aconteceu em momento algum.

No segundo tempo, o Chile forçou mais, mas não teve capacidade para transformar em gols seu domínio territorial e boas triangulações de seu ataque, muitas vezes procurando o fundo. Destaque para as jogadas especialmente feitas pela direita, com Alexis Sanchez criando um punhado de boas jogadas ( todas devidamente desperdiçadas por seus colegas), bem auxiliado pelo lateral Islas, para mim os melhores jogadores em campo, memo com Sanchez também pecando nas finalizações.

Aos 181, o melhor momento do jogo foi uma defesa espetacular do goleiro hondurenho Valladares, que espalmou uma cabeçada de peixinho praticamente à queima-roupa do zagueiro Ponce, após cobrança de falta pela esquerda no segundo pau tocada de volta para o centro da área. Além de Valladares, o zagueiro Figueroa, do Wigan, da Inglaterra,foi outra boa figura na equipe de Honduras.

E a partida foi seguindo até o fim no mesmo ritmo, com o Chile atacando, mas não decidindo, e Honduras sem ameaçar a meta do arqueiro Bravo. Fica a preocupação em relação ao Chile que, assim como o Brasil, essa falta de gols contra a seleção mais fraca do grupo possa custar caro.

Link da página da Fifa sobre o jogo: Jogo 15: Honduras 0 x 1 Chile. Clique em tudo (MatchCast, resumo, crônica, relatório, estatísticas, fotos, vídeo…), tem muita coisa legal.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: