Início > Copa do Mundo 2010, Futebol > COPA DO MUNDO 2010 ► Austrália com um a menos segura 1 x 1 contra Gana

COPA DO MUNDO 2010 ► Austrália com um a menos segura 1 x 1 contra Gana

Mesmo com vantagem de um homem desde os 25’ do primeiro tempo, quando empatou a partida, Gana não conseguiu superar a Austrália e perdeu ótima chance de praticamente garantir classificação para as oitavas de final. Pelo contrário, complicou muito sua situação. Para os australianos, ainda há esperanças, mas o saldo negativo provocado pela goleada sofrida contra a Alemanha deve ser fatal às suas pretensões.

A partida, realizada no Royal Bafokeng, em Rustemburgo, começou movimentada, mas sem situações de gol, fosse pela pouca técnica australiana, fosse pela falta de criatividade ganesa. Mas logo aos 11’ Bresciano cobra falta, a barreira se abaixa, Kingson bate roupa e Holman, completamente livre, empurra para a rede, fazendo Austrália 1 x 0. Kingson falhou ao tentar jogar a bola para o lado, mas a Jabulani ajudou muito nesse gol. Foi mais um lance em que um goleiro não acerta a direção da bola. Será coincidência? Será uma espécie de epidemia? Talvez uma “jabulanitite”?

Gana andou fazendo algumas triangulações pelas laterais, mas que terminavam sempre com cruzamentos ruins. Mesmo pouco criativa, Gana chegou ao empate aos 25’. Tudo começou com um chute de Asamoah Gyan desviado na zaga para escanteio. No rebote, o canhotinha Ayew fez uma jogada na ponta direita à altura do pai, o grande Abedi Pelé, e tocou para a área. Gyan foi empurrado por um zagueiro, mas a bola sobrou para Jonathan Mensah, que chutou firme e Kewell salvou com o braço em cima da linha. Pênalti, vermelho para Kewell e gol de Gyan. Gana empatava e tinha agora um homem a mais em campo. Mas só no finzinho dessa etapa chegou com perigo ao gol. Primeiro, com Boateng invadindo a área desde a intermediária pela meia-direita e batendo cruzado e depois com Ayew, em nova jogada pela direita, salva pela zaga.

No segundo tempo, Gana partiu para cima, mas esbarrou em um problema crônico nos times africanos: a individualidade. Em vez de abrir o jogo e soltar rápido a bola para aproveitar a vantagem numérica em campo, os ganeses insistiam em prender a bola e arriscar de fora da área, querendo resolver individualmente a partida. Diversas vezes homens livres nas laterais eram ignorados em troca de chutes de longe, normalmente sem levar perigo ao gol australiano.

O panorama não mudou até os 21’, quando Chippefield, que tinha acabado de entrar, subiu livre e cabeceou para fora um centro da direita. No contragolpe, Asamoah Gyan bateu cruzado e Kwadwo Asamoah quase chega para marcar. Mas o lance anterior parece ter servido como uma senha para o treinador da Austrália. Ele colocou em campo o centroavante Kennedy e jogou o time para frente, talvez sentindo a insegurança defensiva de Gana, que tinha na zaga dois jovens reservas de 20 anos, Lee Addy e Jonathan Mensah.

E deu certo. A zaga sentiu e a Austrália cresceu. Mas foi quando Gana criou sua melhor chance em toda a partida. Boateng enfiou nas costas da defesa e Asamoah Gyan bateu para fora. Na resposta, a zaga ganesa bateu cabeça e Kennedy acabou livre para marcar, mas Kingson abafou o chute e no rebote ainda foi buscar a finalização de Valerie. Daí para frente, Gana desarticulou-se de vez e a Austrália tentou tudo para chegar ao gol, mas esbarrava já até na falta de pernas. A última chance do jogo, porém, foi a favor de Gana, numa cobrança de bola parada da esquerda que o jovem Mensah cabeceou para fora.

Gana pagou por sua falta de objetividade no ataque. Chutou muito, mas sempre mal e precipitadamente, tanto que o goleiro Schwarzer pouco fez. Kingson trabalhou muito mais. Agora ficou em situação delicada no grupo, apesar de, paradoxalmente, estar na liderança. Só que não pode perder para a Alemanha na última rodada.

Já a Austrália foi muito determinada e, dentro das circunstâncias, tentou o que pôde pela vitória. Seu maior mérito foi ajustar o sistema defensivo, cuja marcação em linha favoreceu o desastre contra a Alemanha. O zagueiro Moore foi um dos pilares de sua defesa e o resto do time lutou o tempo inteiro.

Link da página da Fifa sobre o jogo: Jogo 25: Gana 1 x 1 Austrália.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: