Início > Copa do Mundo 2010, Futebol > COPA DO MUNDO 2010 ► Dinamarca vira e elimina Camarões da Copa do Mundo

COPA DO MUNDO 2010 ► Dinamarca vira e elimina Camarões da Copa do Mundo

Elimina Camarões e classifica a Holanda para as oitavas de final, achei que o título ia ficar muito longo se completasse a informação. Assim, o grupo E é o primeiro a apresentar uma seleção classificada para próxima fase e a primeira a ser eliminada da competição. E logo uma seleção africana.

O jogo de hoje em Pretória entre Dinamarca e Camarões foi um dos mais movimentados da Copa. Uma pena que a equipe nórdica esteja longe de seus dias de Dinamáquina e a africana não tenha nada da magia do time de Roger Milla. Mas não fizeram feio, muito pelo contrário. Foi um dos melhores jogos da competição até aqui.

Dividida internamente, Camarões entrou com Geremi aberto na direita e Samuel E’to’o mais próximo à sua posição de origem no meio da área, enquanto a Dinamarca tinha a estreia do veterano Tomasson, formando o ataque com o atacante do Arsenal Bendtner.

O início da partida deu o tom do que ocorreria ao longo de praticamente todos os 90 minutos de bola rolando. Camarões partia para cima e a Dinamarca procurava se defender, mas não sem deixar aberta uma válvula de escape, que respondia pelo nome de Dennis Rommedahl. Aberto na ponta-direita, como nos bons e velhos tempos, foi o principal responsável pela vitória de sua equipe e o melhor jogador em campo.

No começo já animado, Samuel Eto’o concluiu de fora da área por cima aos 4’ e aos 7’ foi a vez de Rommedahl fazer o mesmo. Aos 10’, Camarões abria o marcador, não sem uma pequena ajuda de seus amigos da zaga dinamarquesa. Christian Poulsen completou uma má saída de bola fazendo um passe que Webo interceptou e assistiu Eto’o, que fuzilou o goleiro Sorensen.

Mesmo com uma diminuída do ritmo africano, o tom era o mesmo: Camarões mais á frente, Dinamarca mais recuada. Aos 13’, Emana assustou chutando de fora e aos 16’ foi a vez de Gronkjaer completar jogada que veio da direita com um balaço de fora da área, com a bola desviando na zaga e saindo para escanteio. Aos 20’, Souleymanou precisou sair aos pés de Tomasson para evitar o empate.

O jogo era bom. Aos 26’, Emana bateu por cima da entrada da área, quando o passe para Eto’o’ seria a melhor jogada. Aos 33’, a Dinamarca chegou ao empate: Kjaer fez um lindo lançamento na diagonal que pegou Rommedahl aberto na ponta direita, nas costas do lateral Ekotto. Ele avançou e cruzou rasteiro para Bendtner mostrar seu oportunismo e completar para o gol.

Aos 41’, lances incríveis em sequência. Song bobeou no meio e perdeu a bola para Bendtner, que acionou Rommedahl. O ponta entrou cortando para o meio e na frente do gol chutou para grande defesa de Souleymanou. No rebote, Tomasson bateu firme, mas Song apareceu do nada para salvar e redimir-se do erro que iniciou a jogada. No contra-ataque, Eto’o recebeu na área, limpou e bateu no poste direito de Sorensen. No minuto seguinte, Emana entrou rasgando pelo meio e concluiu mal, em cima de Sorensen. A bola ainda bateu no atacante e caprichosamente saiu pela linha de fundo.

O segundo tempo começou no mesmo ritmo do primeiro, com os times, cada um dentro de suas características, alternando bons momentos de ataque. Aos 12’, Webo recebeu ótima bola na entrada da área pela direita, mas chutou fora do estádio (se não foi isso, foi quase). Aos 15’, Eto’o lançou Ekotto na esquerda. O lateral tocou para o meio, onde Webo virou e perdeu mais uma grande chance. O castigo veio a cavalo: Rommedahl recebeu nas costas de Ekotto, cortou a cobertura de Makoun para o meio e bateu cruzado de perna esquerda para desempatar.

Camarões não desanimou. Aos 20, Emana lançou Eto’o na direita e Eto’o centrou rasteiro para Makoun desperdiçar a chance. Cada vez mais recuada, a Dinamarca tinha sempre o plano B do contra-ataque na manga. Como aos 25, quando o zageueiro Polsen lançou Rommedahl nas costas da zaga e o ponta deixou Tomasson na cara de Souleymanou, que salvou mais uma. Aos 28’, foi Song quem bateu por cima e logo depois Souleymanou precisou sair da área para salvar o terceiro gol canadense. Aos 31’, Sorensen fez grande defesa em chute cruzado de Emana.

O tempo passava e Camarões pressionava cada vez mais, enquanto a Dinamarca, cansada, retraía-se para segurar o importante resultado, sonhando em aproveitar os espaços abertos para definir o jogo. Se faltava criatividade, sobrava vontade à seleção africana. Aos 34’, Idrissou errou o tempo de bola e cabeceou para fora quando subia livre após cobrança de escanteio. Na resposta, Bendtner chutou rasteiro de fora da área para defesa de Souleymanou. Aos 36’, ótima chance desperdiçada por Camarões, quando Aboubakar aproveitou sobra de bola na frente da área para bater com violência para o gol, com Sorensen batido. O chute tinha endereço certo e só não entrou porque encontrou no caminho a cabeça do zagueiro Pousen, que estava caído e posso garantir que literalmente viu estrelas – mas salvou a pátria. Aos 39’, Idrissou cabeceava novamente por cima e Camarões não teve mais forças para chegar ao empate.

Fim de Copa para Camarões. Souleymanou fez grande partida e Samuel Eto’o, um jogador claramente diferenciado, se esforçou bastante, mas deu o azar – ele e o time – de as bolas do jogo no segundo tempo jamais caírem em seus pés. Emana fez boas jogadas, mas decidiu errado algumas vezes. Geremi entrou bem na direita e o que não dá para entender é por que Camarões não atuou da mesma forma contra o Japão. Bem, agora há quatro anos para eles pensarem nisso.

A Dinamarca não foi nem sombra da Dinamáquina que um dia encantou o mundo, mas foi muito organizada, lutou do início ao fim e fez prevalecer sua estratégia de jogo. Graças, claro, à grande atuação de Rommedahl. Achei Bendtner uma importante referência na área e foi uma pena – para os dinamarqueses, claro – que Tomasson estivesse num dia tão ruim nas finalizações. Sorensen foi outro nome fundamental para a vitória, sempre seguro debaixo das traves.

Segue o link da página da Fifa sobre o jogo: Jogo 26: Camarões 1 x 2 Dinamarca.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: