RSS

FÓRMULA INDY ► Australiano Will Power vence o GP de Watkins Glen com dobradinha da Penske

05 jul

Acho Watkins Glen um autódromo muito legal, que fez parte do circo da Fórmula 1 durante as décadas de 1970 e 1980. Foi lá que Emerson Fittipaldi venceu sua primeira corrida, em 1970, garantindo o título de Jochen Rindt, que morrera três provas antes. Curiosamente, também foi lá que Emerson se despediu das pistas, em 1980. O circuito estava de fora até da Fórmula Indy, que o reintegrou ao calendário em 2005.

Ontem só pude acompanhar as últimas 15 voltas, tempo suficiente para ver Dario Franchitti partir para cima de Ryan Briscoe na disputa do segundo lugar, fazer a ultrapassagem, mas não conseguir segurar a vantagem. Assim Ryan Briscoe recuperou a segunda a posição e garantiu a dobradinha para a equipe Penske, com a vitória do australiano William Power após 60 voltas e 1h40min27s4391 de corrida.

Os brasileiros Raphael Matos e Mário Moraes foram bem e chegaram logo atrás dos homens do pódio, em 4º e 5º lugar, respectivamente.

Abaixo, um vídeo da prova, distribuído pela Indy Car através do YouTube:

A classificação da corrida (em negrito, os pilotos brasileiros):

1º) Will Power (AUS/Penske) – 60 voltas – 1h40min27s4391
2º) Ryan Briscoe (AUS/Penske) – a 1s2181
3º) Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi) – a 2s6754
4º) Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon) – a 8s0208
5º) Mário Moraes (BRA/KV) – a 9s229

6º) Dan Wheldon (ING/Panther) – a 9s523
7º) Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti) – a 10s5003
8º) Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi)- a 12s0546
9º) Hélio Castroneves (BRA/Penske) – a 12s9834
10º) Justin Wilson (ING/Dreyer-Reinbold)– a 13s5635
11º) E.J. Viso (VEN/KV) – a 18s7591
12º) Hideki Mutoh (JAP/Newman-Haas) – a 20s2279
13º) Marco Andretti (EUA/Andretti) – a a26s6965
14º) Paul Tracy (CAN/ Dreyer & Reinbold) – a 27s7310
15º) Takuma Sato (JAP/KV) – a 28s8774
16º) Adam Carroll (IRN/Andretti Autosport) 17) – a 29s3624
18º) Bertrand Baguette (BEL/Conquest) – a 36s5350
19º) Vitor Meira (BRA/AJ Foyt) – a 36s9869
20º) Danica Patrick (EUA/Andretti) – a 38s2675
21º) Tony Kanaan (BRA/Andretti) – a 38s6700
22º) Mario Romancini (BRA/Conquest) – 59 voltas

23º) Milka Duno (VEN/Dale Coyne Racing) – 57 voltas

Não completaram:

24º) Simona de Silvestro (SUI/HVM) – 38 voltas
25º) Alex Lloyd (ING/Dale Coyne) – 22 voltas

Link para a classificação completa do campeonato na página oficial da Fórmula Indy: http://www.indycar.com/schedule/standings/.

Além da pontuação pela ordem de chegada ao encerramento de uma corrida, cada piloto da Fórmula Indy que liderar o maior número de voltas em cada prova receberá um bônus de 2 pontos, somados à pontuação normal. Além disso, há um ponto extra para quem conquistar a pole-position. Com isso, é possível que um piloto some 53 pontos em uma corrida.
(Fonte:http://www.band.com.br/esporte/formula-indy/classificacao.asp)

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 5 de julho de 2010 em Automobilismo, Fórmula Indy

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: