RSS

FÓRMULA INDY ► Punido por bloquear Will Power na última relargada, Hélio Castroneves vence, mas não leva no GP de Edmonton

26 jul

Pois é. Segundo os juízes da prova realizada no circuito de rua de Edmonton, no Canadá, Helio Castroneves bloqueou o companheiro Will Power na última relargada e aí a vitória caiu no colo do neozelandês Scott Dixon. Will Power e Dario Franchitti completaram o pódio. Helinho ficou nervoso, chamou os comissários para a briga, mas depois desculpou-se pelo mau comportamento, apesar de jurar que nada fez de errado na pista.

A decisão foi controversa. E a equipe Penske, de Helinho e Power, protestou veementemente. Ao contrário da Fórmula 1, não existe o hábito de se privilegiar piloto nas escuderias da Fórmula Indy. Mesmo com Helinho bem distante da pontuação do líder do campeonato Will Power, a Penske não concordou nem um pouco com a decisão dos comissários, mas não teve jeito e Helinho acabou com a décima colocação.

Os demais brasileiros foram apenas discretos, com Mario Moraes sendo o melhor da turma, chegando na sétima posição.

Aí vai o compacto que a Indy Car distribui via YouTube:

A classificação da corrida (em negrito, os pilotos brasileiros):

1º) Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi) – 71 voltas
2º) Will Power (AUS/Penske) – a 2s6688
3º) Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi) – a 3s2831
4º) Ryan Briscoe (AUS/Penske) – a 8s8652
5º) Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti) – a 11s1482
6º) Paul Tracy (CAN/ Dreyer-Reinbold) – a 11s9091
7º) Mário Moraes (BRA/KV) – a 16s9015
8º) E.J. Viso (VEN/KV) – a 18s2206
9º) Takuma Sato (JAP/KV) – a 21s5880
10º) Hélio Castroneves (BRA/Penske) – a 42s6011
11º) Marco Andretti (EUA/Andretti) – 94 voltas
12º) Tony Kanaan (BRA/Andretti) – 94 voltas
13º) Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon) – 94 voltas
14º) Bertrand Baguette (BEL/Conquest) – 94 voltas
15º) Danica Patrick (EUA/Andretti) – 94 voltas
16º) Vitor Meira (BRA/AJ Foyt) – 93 voltas
17) Hideki Mutoh (JAP/Newman-Haas) – 93 voltas
18º) Alex Lloyd (ING/Dale Coyne) – 92 voltas
19º) Tomas Scheckter (AFS/Dreyer-Reinbold) – 90 voltas
20º) Dan Wheldon (ING/Panther) – 90 voltas
21º) Justin Wilson (ING/Dreyer-Reinbold)– 88 voltas

Não completaram:

22º) Simona de Silvestro (SUI/HVM) – 87 voltas
23º) Alex Tagliani (CAN/FAZZT)- 52 voltas
24º) Mario Romancini (BRA/Conquest) – 52 voltas
26º) Milka Duno (VEN/Dale Coyne Racing) – 4 voltas

Link para a classificação completa do campeonato na página oficial da Fórmula Indy: http://www.indycar.com/schedule/standings/.

Além da pontuação pela ordem de chegada ao encerramento de uma corrida, cada piloto da Fórmula Indy que liderar o maior número de voltas em cada prova receberá um bônus de 2 pontos, somados à pontuação normal. Além disso, há um ponto extra para quem conquistar a pole-position. Com isso, é possível que um piloto some 53 pontos em uma corrida. (Fonte:http://www.band.com.br/esporte/formula-indy/classificacao.asp)

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26 de julho de 2010 em Automobilismo, Fórmula Indy

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: