Início > Brasil, Imprensa, Política > POLÍTICA ► A democracia em jogo: José Serra escancara a ameaça à liberdade de imprensa tucana

POLÍTICA ► A democracia em jogo: José Serra escancara a ameaça à liberdade de imprensa tucana

Não imaginei que ficaria postando posts e mais posts sobre política assim, mas há no ar uma óbvia tentativa de golpe que faz com que todos fiquemos atentos e a postos para que nossa democracia não seja violada. Eu, modestamente, faço minha parte, até porque não sou muito bom em ficar calado.

Durante entrevista à jornalista Márcia Peltier na CNT, Serra literalmente deu um chilique ao ser questionado sobre fatos que “O Globo”, “Folha”, “Estadão” ou “Veja” jamais mencionariam. Como a óbvia contradição em que cai ao dizer que não sabia do crime de vazamento de dados da Receita, descoberto e denunciado em 2009 e que vitimou , inclusive, o presidente Lula e seus familiares. Mas isso não deu manchetes no PIG (Partido da Imprensa Golpista).

Serra só quer responder às perguntas levantadas por seus aliados. Sabe, no vôlei, aquela bola levantada na ponta de rede para o melhor atacante bater sem bloqueio? Ou pênalti cobrado com o goleiro vendado e mãos amarradas? Pois é.

Para azar de José Serra, porém, deu matéria no SBT, com direito a depoimento do próprio Serra, que se mostrou ofendidíssimo quando Márcia Peltier tocou no assunto. Além de ofendido, mostrou-se completamente desqualificado para o cargo de presidente. Alguém já imaginou se Lula reagisse assim às agressões diárias que recebe durante todo seu mandato daqueles veículos de imprensa que sempre estiveram ao lado do poder agora sofrem por não consegui-lo de volta?

Depois do vexame, ainda levou a fita com a gravação da grotesca atitude. Segundo a CNT, a própria emissora “ofereceu” a fita ao candidato. Ruim para Serra, pelo conjunto da obra, pior para a emissora, que acabou dando um exemplo de como se comporta uma imprensa colaboracionista.

Mas a História está feita. Foi o ato mais negativo protagonizado por um candidato à eleição majoritária brasileira e que revelou todo despreparo e desespero de um candidato sem propostas e, pelo visto, também sem respostas.

Abaixo, Serra na matéria do SBT de 2009. Depois, dando pití na CNT por alegar que não sabia do crime sobre o qual comentara na emissora de Sílvio Santos.

Na verdade, a atitude de Serra apenas espelha o que foram os anos Fernando Henrique Cardoso à frente do Brasil, anos em que qualquer denúncia contra o governo era imoralmente arquivada pelo engavetador geral da República, Geraldo Brindeiro. Espelha, ainda, a maneira de agir da mídia que o apoia, muito mais combatente na batalha por sua eleição do que seu próprio partido.

É minha opinião.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: