Início > Carnaval > CARNAVAL ►Notícia boa sempre merece registro, mesmo que atrasado: Cidade do Samba 2 vem aí

CARNAVAL ►Notícia boa sempre merece registro, mesmo que atrasado: Cidade do Samba 2 vem aí

Pois é, registro atrasado mesmo, anterior ao incêndio de 7 de fevereiro. A falta de tempo muitas vezes impede o blogueiro de postar conforme sua vontade, vai na base do quando dá. Mas importante é não deixar uma boa notícia assim cair no esquecimento. Vale a máxima: antes tarde do que nunca.

Uma coisa que sempre cobramos em OBatuque.com é a democratização no mundo das escolas de samba, algo que ainda está muito longe de ocorrer. O interesse de quem tem é ter mais, pouco se perturbando com quem não tem.

Mas há nuvens claras no horizonte. Uma de nossas reivindicações era que o privilégio de uma Cidade do Samba para se montar um carnaval não ficasse restrito às escolas que participam do desfile do grupo Especial, aquele desfile cheio de luxo e coreografias e vazio de Scola de samba. Pois não é que a atual prefeitura do Rio de Janeiro anunciou a criação de uma segunda Cidade do Samba, para atender Às agremiações que desfilam sábado e terça-feira de carnaval no Sambódromo.

O projeto não é para agora. Segundo o prefeito Eduardo Paes, em até três anos ele estaria pronto. O que já é uma grande coisa, já que acompanhamos o verdadeiro com que prefeituras passadas trataram as escolas que não desfilam no abado e no domingo.

A área onde serão construídos os novos barracões ainda não foi definida, mas, como se anunciou que o conjunto de escolas interessadas será ouvido, provavelmente deverá ser ali próximo à São Cristóvão. Isso por questões lógicas, de facilidade de locomoção das alegorias até a Marquês de Sapucaí.

Muito bom. Um importante passo assim será dado para um início de democratização na estrutura atual das escolas de samba. Mas muito mesmo ainda estará por ser feito.

Como, por exemplo, a construção de uma Cidade do Samba 3 que atenda às necessidades das escolas que desfilam na Intendente Magalhães, a Avenida mais popular do carnaval carioca, onde as escolas de samba ainda tem os pés fincados em suas raízes.

Afinal, do mesmo modo que sem educação não há cidadania, sem saúde não há cidadania, sem informação não há cidadania ou sem liberdade não há cidadania, podemos afirmar que não há qualquer vestígio de cidadania humana ou cultural em fazer os artesãos de uma escola de samba preparar seu carnaval em instalações como as do que chamamos de Carandiru.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
Categorias:Carnaval Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: