RSS

FUTEBOL ► Posso chamar o juiz de ladrão?

13 fev

Você quer saber o que é um juiz ladrão na acepção ESPORTIVA da palavra? Basta acompanhar lance a lance a arbitragem de Antônio Frederico de Carvalho Schneider na partida entre Fluminense e Vasco disputada no Engenhão neste último domingo.

De preferência, que você não seja torcedor nem de Fluminense nem de Vasco.

Antônio Frederico de Carvalho Schneider roubou o jogo, roubou os torcedores que pagaram ingresso, roubou os torcedores que pagaram o pay-per-view, roubou os apostadores da Loteria Esportiva, roubou os apostadores de bolões…

Os erros de Antônio Frederico de Carvalho Schneider fizeram o resultado da partida.

Por isso acho que, como torcedor, tenho o direito de chamá-lo de ladrão.

Fosse proposital (o que não quero crer), eu diria que Antônio Frederico de Carvalho Schneider não serviria para roubar, pois, como bem explicou Edilson Pereira de Carvalho, o bom ladrão (o de verdade), aquele que sabe fazer resultados, não o faz dando estupidamente na vista. Sabe fazer, sabe ser discreto.

O fato, técnico e óbvio, é que Antônio Frederico de Carvalho Schneider é um juiz que usou de dois pesos e duas medidas na marcação de faltas e na aplicação de cartões, além de demonstrar possuir seríssimo problema de visão e incapacidade de bem interpretar as regras do futebol.

Ele mesmo, assistindo ao vídeo da partida, há de reconhecer seus decisivos erros. Instintivamente, de repente, há até de pensar: “Puxa, eu roubei!”

Só espero que o senhor Antônio Frederico de Carvalho Schneider não vá se revoltar com quem, como eu, afirma que ele roubou o jogo e por isso é um ladrão: “Eu não sou ladrão, estão ferindo minha honra!”

Pois como juiz de futebol eu, como torcedor, posso achá-lo um ladrão, sim, pelos motivos acima expostos.

Intencionalmente ou não, o que não estou colocando em questão. Há o homicídio doloso e culposo. Seu caso espera-se que seja apenas culposo, sem o dolo.

Se eu tivesse pagado ingresso para ir ao jogo, comprado o pay-per-view ou ainda apostado na Loteca, entraria na Justiça contra Antônio Frederico de Carvalho Schneider e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, pedindo indenização por cobrarem por um espetáculo esportivo viciado, cujo resultado esteve diretamente influenciado por quem deveria zelar pelo justo andamento da contenda.

Se Antônio Frederico Schneider é boa gente, honesto, trabalhador, profissional honrado e exemplar, não sou eu quem há de duvidar.

Mas como juiz de futebol eu tenho que poder chamá-lo de ladrão.

Sem problema, porém: semana que vem ele estará aí de volta apitando no Campeonato Carioca e, mais tarde, o veremos atuando no Brasileirão.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 13 de fevereiro de 2012 em Futebol

 

Tags: , , ,

2 Respostas para “FUTEBOL ► Posso chamar o juiz de ladrão?

  1. oldair soares

    13 de fevereiro de 2012 at 11:42

    LADRAO, SAFADO, SEM VERGONHA ESTE JUIZINHO ANTONIO FREDERICO SCHNEIDER.

    Curtir

     
  2. Gil

    13 de fevereiro de 2012 at 14:16

    Eh um verdadeiro ladrão, safado…isso é uma vergonha pro nosso futebol…afastando as pessoas sérias ainda mais do estádio…eu sinceramente respiro futebol..mas estou começando a concordar com os que dizem que futebol é uma máfia, que é tudo armado e comprado… saudações tricolores!!

    Curtir

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: