RSS

CARNAVAL ► Só há um jeito de definir a transmissão dos desfiles de 2012 feita pela Rede Globo: um lixo

23 fev

Quando você pensa que a Rede Globo não pode piorar o que já é ruim, ela mostra por que é a “maior emissora da América Latina” e se supera: não há como um blogueiro medíocre como eu encontrar palavras que sintetizem melhor a qualidade da transmissão do desfile do Grupo Especial em 2012 do que dizendo que foi uma…

Caramba, pensei muito antes de continuar a sentença para não baixar o nível aqui. Mas digamos que foi um lixo. Com todo respeito ao lixo, que pode ser reciclado, o que não é o caso de uma transmissão de TV.

O trabalho da Rede Globo na Sapucaí, infelizmente para quem não tem outras opções, só tem servido para irritar quem ama as escolas de samba – por menos escolas de samba que mostrem a cada ano as agremiações que desfilam atualmente no Grupo Especial. Mas isso é outra história…

A transmissão da Globo, para mim, definitivamente, não dá. E piora a cada ano. É o que acontece quando não há concorrência, algo do qual a Globo foge como o Diabo foge da cruz. Desse modo, o que vemos é cada vez mais sujeira (atenção para o trocadilho bobo com lixo…) e tolices na tela e cada vez menos escolas de samba.

Só aqui neste espaço e no OBatuque.com já registrei algumas vezes o que acho disso, como você pode conferir aqui (2010), aqui (2011) e aqui (mais 2011). Mas alguma coisa vou ter que registrar este ano também.

A começar por Glenda Kozlowski, provavelmente a mais desagradável figura já escalada numa transmissão de carnaval. Volta, Vanucci! Eu era feliz e não sabia!

Já não basta essa moça apresentar um telejornal esportivo (atualmente, um festival de bobagens) sentada numa mesa como se estivesse de papo no próprio quarto (e não entrando nos lares dos telespectadores na hora do almoço), ela leva para a Avenida um insuportável leque de interjeições, exclamações e tatibitates mil.

Sobriedade? Zero. Seriedade? Zero? Compromisso jornalístico? Zero. Dela e da equipe de transmissão como um todo. Individualmente, alguns até mereceriam notas positivas, mas como um todo, zero está de bom tamanho.

Aquele tom “super-over-ultra-multi-deslumbrado” chega a ser amador, além de absolutamente irritante.

Mas se fosse só isso…

A Rede Globo continua colocando as chamadas grandes escolas de samba de quatro para ela (sem intenção de trocadilho com o número do canal da emissora…), fazendo o que quer e não quer, com as escolas, simplesmente, se humilhando, se rebaixando e sadomasoquistamente (provavelmente) achando tudo muito bonito.

Não vou ficar aqui repetindo o que já teclei, é muita coisa errada. Como agravante, há até novas coisas erradas. Exemplo: entrar no meio de uma ala, na metade da pista de desfile, para mostrar detalhes de fantasias é carimbar a falta de consideração com o trabalho das escolas de samba. Um atestado de “mea culpa” no quesito Falta de Respeito Geral.

Mas a Globo, na verdade, não tem tanta culpa. Ela paga, obtém o direito de transmitir como se paga a uma prostituta e a prostituta presta o serviço solicitado. No infame papel de prostitutas, as escolas se submetem a esse lixo de transmissão como cordeiros indo para o matadouro. Como os grandes (?) clubes do futebol brasileiro também fazem.

“Ora, mas alguém deve ter culpa nisso!”

Claro. Culpa da dona Liesa (e das escolas, por tabela), que parece preocupada apenas com seus cofres e os cofres das elitistas escolas que compõem o Grupo Especial (sobre isso, já escrevi aqui).

O curioso é que a dona Lesga, comadre de dona Liesa, encheu-se de brios e detonou a Rede Bandeirantes do Grupo de Acesso, porque a emissora paulista relegou a transmissão daquelas que sonham protagonizar o chamado desfile principal a mero tapa-buraco de sua programação carnavalesca.

Mas o que faz a Rede Globo, se não usar o desfile como pano de fundo para se autovangloriar e ela mesma ser a estrela das duas noites?

É, porque as estrelas da transmissão do desfile do Grupo Especial feita pela Rede Globo é a própria Rede Globo e seus apresentadores, comentaristas, recursos técnicos mil, Glendas Kozlowskis e outras besteiras afins. Uma verdadeira adoração narcisiana cercada de espelhos por todos os lados.

A invasão de uma ala no meio da Avenida, como citado anteriormente, e aquela coisa absolutamente babaca de ficar mostrando diversas vezes os próprios profissionais em detrimento do tempo de desfile das escolas na tela são ótimos exemplos disso.

Este ano, me poupei: assisti apenas à passagem da União da Ilha. E quase sofri uma síncope cardíaca de irritação. Metade com a Globo, metade com as escolas, pela submissão.

Fora isso, assisti a menos de 10 minutos dos desfiles. O resto eu gravei, para o caso de querer ver alguma coisa.

Repare bem que teclei VER, não OUVIR.

Porque acho que essa é a única saída para nos salvarmos do que a Rede Globo está fazendo com a transmissão do desfile das escolas de samba: um imenso abaixo-assinado exigindo a função SAP durante essas transmissões.

Assim apertaríamos a tecla SAP de nosso controle remoto e teríamos apenas o som original da Avenida, nos poupando da desagradabilíssima obrigação de ouvir o (mau) trabalho dos profissionais da emissora do Jardim Botânico.

Portanto, deuses do carnaval (só vocês podem nos salvar!), função SAP nos desfiles transmitidos pela Globo!

É a minha opinião.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
 
7 Comentários

Publicado por em 23 de fevereiro de 2012 em Carnaval, Televisão

 

Tags: , , , , , ,

7 Respostas para “CARNAVAL ► Só há um jeito de definir a transmissão dos desfiles de 2012 feita pela Rede Globo: um lixo

  1. Maria

    23 de fevereiro de 2012 at 11:02

    Concordo! Transmissão lixo!!!!! Irritava ver a escola de trás pra frente (câmeras davam maior destaque á entrada…) e continuavam quando já estava bem depois do meio!
    Naõ vimos detalhes das comissões de frente lindas, do bailado do mestre sala e porta bandeira, das madrinhas e musas, dos puxadores, destaques.etc…. tudo era mostrado muito rápido (quando mostrado!) Socorro! Será que a band irá transmitir o desfile das campeãs?

    Curtir

     
    • opiniaododavid

      24 de fevereiro de 2012 at 12:19

      Maria, a transmissão do Desfile das Campeãs será feita pelo SBT. A Globo mostrou as escolas fora de ordem, misturando segmentos da frente, do meio e de trás, até no compacto!

      Curtir

       
  2. Joao Luiz

    28 de fevereiro de 2012 at 18:45

    Ainda bem que se apresentou, enquanto comentarista, logo no início do texto…daí nem tive curiosidade de ler o restante.

    Curtir

     
    • opiniaododavid

      28 de fevereiro de 2012 at 23:08

      Que bom que ainda há gente espirituosa na rede! Mas espero que tenha entendido o sarcasmo da “apresentação”.

      Curtir

       
  3. Tales

    14 de março de 2012 at 23:06

    Olá David,

    Concordo com você. A transmissão do carnaval foi uma porcaria, uma VERGONHA. Vou até explicar, já começou horrível antes, isso porque a Globo exibiu a apresentação dos sambas (tanto das escolas de Sp, como as do Rio) em um horário ridículo, ináceitável, na madrugada de Domingo pra Segunda, um horário em que muita gente já está de cama, para no dia seguinte acordar cedo para trabalhar, e ainda, sem haver qualquer chamada pra isso.

    Na madrugada de domingo pra segunda, nos desfiles do Rio, tive um comportamento bastante violentíssimo. Quando eu perdi o grito de guerra da Imperatriz, eu entrei em desespero, comecei a chorar e gritar bastante, ainda mais também quando eu perdi o grito de guerra da Mocidade, perdi o controle completamente e não quis nunca mais ver os desfiles do Rio. Meu acesso de fúria foi terrível, arranhei minha própria cara, ataquei, chutei e quebrei tudo. Acabei com o meu carnaval, mais cedo. Esse negócio de não mostrar os esquenta e gritos de guerra da Imperatriz, Mocidade, Porto da Pedra, Beija-Flor, Tijuca, Mangueira, tudo isso era o que eu mais temia, e acabou acontecendo, infelizmente.

    Já tentei mandar palavras de baixo calão contra o Boninho, contra a dupla de apresentadores do Rio, mas tive que evitar isso, antes que eu seja procesado.

    Devia ter mandado uma carta para a Liesa, para que ela reprovasse a Globo por essa transmissão vergonhosa. Dirigentes, puxadores e torcedores, de variás escolas do Rio, inclusive essas que citei já deviam estar revoltadíssimos contra a Globo.

    Curtir

     
    • opiniaododavid

      15 de março de 2012 at 16:19

      É, Tales, você sabe que neste ano meu irmão e eu comentávamos como ficávamos ansiosos no momento do esquenta, na entrada da escola, o início do desfile, a reação dos setores 1 e 3… Mas agora nem ficamos mais frustrados quando a TV não passa, porque simplesmente já sabemos que na Globo não vamos ver nada disso.

      Interesse eles não têm, respeito também não. Você viu os clipes com os sambas durante a programação? Eu contei: eram oito, no máximo 10 versos da letra e já cortavam! Uma pouca vergonha. Sem concorrência, nada vai mudar. Então, não adianta se estressar. O que podemos fazer é reclamar dentro das nossas possibilidades.

      É o que eu faço aqui no meu espaço e há anos escrevo no OBatuque.com criticando, mas as escolas e a Liesa devem estar muito satisfeitas com isso, afinal, o dinheiro está no bolso delas e parece que isso é que importa.

      E como você diz: tomando cuidado com as palavras para que não venham querer tirar onda com a gente depois. Este post mesmo eu tive que revisar algumas vezes para baixar o tom. Mas que dá vontade de baixar o nível, dá.

      Curtir

       

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: