Início > Carnaval > CARNAVAL ► Transmissão do Grupo de Acesso feita pelo SBT foi uma agradável surpresa

CARNAVAL ► Transmissão do Grupo de Acesso feita pelo SBT foi uma agradável surpresa

Parece que aconteceu o seguinte: a Lesga se tocou e disse que não ficou nada satisfeita com a última transmissão do Grupo de Acesso, feita pela Bandeirantes. Também pudera: foi horrível, o desfile virou tapa-buraco da programação de carnaval da emissora paulista.

Assim, este ano a transmissão coube ao novato e inexperiente SBT, outra rede de São Paulo.

Bem, logo que notei no início que a apresentadora Eliana alavancaria a transmissão, ao lado do jornalista Carlos Nascimento, meu primeiro pensamento foi totalmente preconceituoso: “Eliana? Mais abobrinhas e serviço de tapa-buraco à vista.” Tapa-buraco dentro da programação carnavalesca SBT Folia.

E tinha meus motivos para estar desanimado, após as fracas transmissões feitas pela CNT e pela Band nos carnavais anteriores.

Mas o resultado foi surpreendentemente positivo. E muito positivo. Claro que se notava a falta de experiência em certas circunstâncias. Percebia-se o cuidado em “fazer direito”, algumas vezes exagerando um pouco, era como se estivessem pisando em ovos. Mas, em geral, agradou muito o trabalho do SBT. Todo mundo com quem encontrei e viu a transmissão achou o mesmo.

O oposto do que acontece com a Globo, que ano após ano, com toda sua experiência, consegue desagradar a gregos e troianos.

Ao contrário da emissora do plim-plim, o SBT se limitou a transmitir os desfiles das escolas de samba integralmente, sem se preocupar em auto exibir-se  ou se promover na telinha.

Respeito, sobriedade e tempo das escolas no vídeo foram os pontos altos

Poucas vezes vimos as caras da Eliana, do Carlos Nascimento, de Miro Ribeiro (sempre presente – e bem – nas transmissões do Acesso), do coreógrafo João Wlamir ou do figurinista Arlindo Grund. E assim muito pudemos ver das escolas de samba. Muito como há muito não víamos. Desde os tempos da Rede Manchete.

Mais ou nos assim: sabe aquele papo de tempo de bola em jogo no futebol? Pois é. O tempo de escola no vídeo no SBT foi quase que integral. Dos 60 minutos de desfile, em média as escolas ficavam no ar ali na casa dos 54, 53. Excelente.

Para se ter uma ideia comparativa, a União da Ilha não ficou mais de 55 minutos seguidos ao vivo na tela da Globo no Grupo Especial. E repare: 55 minutos em 82 de desfile!

Isso, para mim, tem um nome: respeito.

Quando sintonizamos a TV num desfile de escolas de samba, queremos ver as escolas de samba. E depois de muitos anos finalmente pudemos assistir a um desfile assim, privilegiando as escolas.

Outro ponto fundamentalmente positivo foi a sobriedade da transmissão. Não havia aquele tom exclamativo e deslumbrado, que chega a ser bobo e infantil, de ficar exaltando o produto (“maravilhoso”, “lindo”, “espetacular”…) a cada cinco minutos. Ninguém berrava bobagens no microfone ou levava um susto com alguma “maravilha” que aparecesse na tela. Foi um tom sóbrio, jornalístico mesmo, conduzido pelos apresentadores e pelos comentaristas. Gracinhas, quando houvesse, vinham da concentração, com a participação do âncora do jornal carioca da emissora, Rogério Forcolen.

Não há como deixar de ressaltar também a ótima qualidade de imagem e som da transmissão em HD. As escolas estavam lindas como qualquer uma do Grupo Especial. Pena apenas que no fim da passagem da última agremiação, a Acadêmicos do Cubango, o sinal HD caiu e a imagem chegou às telas apenas no convencional SD. O que vai na conta de coisas que acontecem em televisão.

Sem querer me prolongar muito neste registro, não há como deixar de teclar algumas linhas sobre a participação da apresentadora Eliana.

Eliana deve ser o maior salário feminino do SBT. Talvez inferior só ao do patrão Sílvio Santos.

Ou seja: o SBT enviou para a transmissão do desfile do Grupo de Acesso do Rio de Janeiro um dos principais nomes da casa. Já isso bastaria para deixar as agremiações, suas comunidades, sambistas e sambeiros cariocas em geral um tanto envaidecidos. Mesmo com o receio de que ela fosse escalada apenas para “tirar casquinha” do desfile, como tanto temos visto por aí.

Mas não. Muito pelo contrário. Eliana foi de uma discrição surpreendente para uma figura de televisão da estatura dela, uma estrela. Sóbria, discreta, ficou encarregada de descrever enredos e segmentos das escolas. Sua conduta encheu as medidas.

Principalmente, Eliana foi de uma  simplicidade muito legal, sempre buscando a opinião dos especialistas e sem em momento algum querer aparecer mais do que a notícia. No caso, as escolas. Até porque ela simplesmente não precisa disso. Ela é top de linha na TV. No final dos trabalhos (como já havia feito em alguns momentos durante a madrugada), agradeceu a chance de aprender tanto durante as passagens das escolas e com os comentários dos colegas de transmissão.

Para mim, isso tem um nome: respeito.

Opa! Já usei essa expressão antes, não é mesmo? Mas vai de novo. Respeito é algo bacana, que todo mundo gosta e vale sempre ressaltar.

Dona Eliana conquistou muitos pontos no mundo do samba carioca, pode ter certeza disso.

Enfim, é isso. Não me lembro de algum dia ter escrito falando bem de uma transmissão de desfile de escolas de samba desde o fim da Manchete. É muito legal poder fazer isso agora.

Como os índices de audiência são normalmente apurados em São Paulo, provavelmente os números do SBT não devem ser bons.

Mas aqui, entre a comunidade do samba carioca, a emissora está lá no alto.

Tomara que ano que vem o SBT volte a transmitir o desfile do Grupo de Acesso com o mesmo padrão.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: