Início > Carnaval > CARNAVAL ► O presidente da Unidos do Porto da Pedra está certo

CARNAVAL ► O presidente da Unidos do Porto da Pedra está certo

Que o desfile de escolas de samba do Grupo Especial se transformou em um grande evento comercial eu não tenho a menor dúvida. Tanto que nem saio opinando nada disso quando as pessoas começam a discutir Mangueira, Beija-Flor, Portela ou Salgueiro à minha volta. Me limito a ouvir para não tirar o prazer de quem gosta.

Bem, fico ouvindo até me perguntarem algo. Aí sou obrigado a dizer a verdade: hoje, nem pago me disponho a sair de casa para assistir aos desfiles sob responsabilidade da Liesa.

Não que sejam feios. Não são. São bonitos e coisa e tal. Mas nada têm de escola de samba de verdade a ponto de me fazerem enfrentar a maratona física de assisti-los.

Dos fracos sambas-enredos aos enredos propriamente ditos, passando por tudo que se possa imaginar de raiz histórica de uma escola de samba, pouco restou. E eu gosto é de escola de samba.

A ala das baianas é o melhor exemplo disso. De baiana as fantasias das velhas senhoras não têm mais nada. Ah, só a saia rodada. E olhe lá. Acho até que a ala deveria se chamar ala da saia rodada. Seria muito mais honesto.

Tudo isso deriva da ambição egocêntrica e desmedida dos carnavalescos de criar, inovar e brilhar um mais que o outro, sem se preocuparem em respeitar características mínimas de uma instituição culturalmente histórica como uma escola de samba.

Ou pode ser problema de falta de talento mesmo, o que os torna incapazes, por exemplo, de desenhar uma baiana criativa, inovadora e brilhante com, ao menos, um pano na costa e um tabuleiro estilizados.

Outro grande exemplo da deterioração desse chamado desfile principal é a questão do samba-enredo. Ora, sou do tempo em que era preciso chegar uma hora da tarde na Avenida e de lá só sair a uma da tarde do dia seguinte, tamanha era a desorganização da coisa (ponto positivo para a Liesa, aliás).

A gente saía morto de lá, mas ao menos cantávamos e curtíamos bom samba o tempo inteiro. Era divertido. Talvez por isso eu simplesmente não tenha paciência para ficar tantas horas seguidas escutando música ruim. Não dá.

Por essas e outras que achei muito interessante a honestidade de Francisco Martins, o presidente da Unidos do Porto da Pedra, após o rebaixamento de sua escola para o Grupo de Acesso.

Criticado por ter escolhido o iogurte (é isso mesmo, aquilo que a gente compra no supermercado…) como enredo, devidamente patrocinado pela Danone, Francisco Martins não mediu as palavras. Ele acusou os jurados de má vontade e afirmou com todas as letras para quem quisesse ouvir: “Carnaval é negócio, não me arrependo de nada.”

Quer saber? Instintivamente achei um absurdo. Depois, acabei aplaudindo a honestidade e falta de hipocrisia do presidente da Porto da pedra. TODO o carnaval do Grupo Especial de hoje é patrocinado.

Que diferença há, então, entre fazer um produto da Danone de enredo ou levar pela enésima vez para a Sapucaí as lendas de São Luís do Maranhão? O dinheiro é o mesmo, o nosso saudável real. Nada surge da imaginação do artista (o carnavalesco). Tudo vem da direção financeira ou do marketing da escola.

Francisco Martins foi honesto e está mais do que certo. Eu sou contra enredos patrocinados, mas a verdade é que todo mundo está fazendo. Por que a Porto da Pedra seria diferente? Com a grana que recebeu, deve ter acertado o orçamento de sua escola por um bom tempo. E, apesar de não ter visto, acredito piamente que possa sim ter havido um preconceito hipócrita do corpo de jurados da Liesa em relação ao enredo patrocinado pela Danone.

Talvez eles prefiram um bifinho em vez do Danoninho. Ou gostem mesmo é dos produtos Nestlé.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: