RSS

TELEVISÃO ► Será que nossas TVs estão aprendendo algo com a Eurocopa?

22 jun

Vou bater especificamente numa tecla: câmeras de transmissão.

Com certeza você já ouviu narrador de futebol se vangloriar do número e da qualidade das câmeras que seu canal utiliza numa transmissão de partida de futebol.

É câmera com lente isso, superslowmotion daquilo, trezentas de um lado, novecentas e oitenta do outro, cento e vinte aéreas, gruas, trilhos…

“Tudo para você não perder nada em sua casa.”

E aí a bendita bola é chutada, bate no travessão, quica e… Entrou ou não entrou? Foi gol ou não foi?

Bem, se você estiver assistindo à Eurocopa, não vai ter dúvida alguma. Assim como nas melhores transmissões de futebol do mundo (como nas do campeonato inglês), você tem câmeras postadas na linha de fundo, de modo a se ver apenas um poste da baliza e assim ter total noção se a bola cruzou por inteiro a linha de gol ou não.

Mas se estiver no Brasil…

O pior é que aqui o narrador da partida ou apresentador de programa sempre vem com um “vamos tirar as dúvidas com nossa câmera exclusiva”.

E dúvida alguma é tirada.

Isso porque a “câmera exclusiva” jamais está na linha de fundo, sempre forma algum ângulo em relação ao gol, de modo a que jamais possamos, em um lance difícil, ter certeza se a bola entrou ou não.

É um mico.

Nesta Eurocopa, houve várias situações a-bola-entrou-ou-não-entrou, inclusive com erros gritantes da arbitragem. Mas em todas, eu, em casa, não fiquei com dúvida alguma. As câmeras estavam sempre lá para mostrar aquilo que árbitros, bandeiras e seus novos coadjuvantes de lambanças nem sempre conseguem ver.

Fosse uma transmissão brasileira, seria até constrangedor, tamanha a frequência com que chamariam “nossa câmera exclusiva” para não tirar dúvida de nada.

Cara, ali na Uruguaiana, no Centro do Rio, no Camelódromo, você pode comprar um punhado de câmeras daquelas bem furrequinhas, de computador, por uns 20 reais. É só colocar enquadrando apenas a linha de fundo que vai funcionar que é uma beleza.

Custa pensar?

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 22 de junho de 2012 em Futebol, Televisão

 

Tags: , ,

Uma resposta para “TELEVISÃO ► Será que nossas TVs estão aprendendo algo com a Eurocopa?

  1. Sugel

    12 de julho de 2012 at 11:03

    Tava pesquisando e vi o porque, foi recomendação da FIFA.ano passado era o correto: um assistente de cada lado do campo, só que pra esse ano, sabe-se lá o porque, os velhinhos da FIFA que odeiam futebol recomendaram que os dois ficassem do mesmo lado. Pra dar nisso: o gol da Ucrânia que o assistente que estava ao lado não viuse estivessem cada um de um lado não teria como não ver que a bola entrouDá só uma olhada no posicinamento do trio de arbitragem no momento do lance: bandeira e juiz não tinham como ver o lance, e o lado esquerdo do campo vazioa partir dos 30 s. E o bandeira não tinha como ter visto porque o auxilar do fundo estava atrapalhando a visão deleé mais uma presepada com o selo padrão FIFA de conhecimento de futebol Mensagem editada pelo usuário SUZANO em 19/06/2012 22:22.

    Curtir

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: