Início > Futebol > FUTEBOL ► Neymar e a encruzilhada: Messi ou nada?

FUTEBOL ► Neymar e a encruzilhada: Messi ou nada?

coalhadaSe Neymar tivesse juízo, demitia seu incompetente cafetão empresário imediatamente.

Se eu fosse santista, torcedor, sócio ou diretor, proibiria tal sujeito de adentrar as portas do clube e o declararia persona non grata.

Dizer que Pelé tem ciúmes de Neymar é apenas a maior asneira já dita no meio futebolístico nacional. E olha que são muitas asneiras ditas no velho e violento esporte bretão por estas nossas bandas.

Com um empresário desses, a carreira de Neymar caminha para um entrave, muito mais para um Robinho que para um Messi.

Acho que Neymar tem mais recursos que Lionel Messi, o bambambã da hora. Mas é óbvio que Messi sempre foi muito mais profissional que Neymar.

Ou melhor: sempre foi um profissional que Neymar reluta em ser.

O que sempre segura Neymar são as rédeas firmes do pai, infelizmente afastado do gerenciamento da carreira do filho.

Porque ter um empresário que diz asneiras sem tamanho como a proferida por esse tal de Wagner Ribeiro explica muita coisa no empacamento do camisa 10 do Santos.

E o problema de Neymar não se refere a suas pífias atuações com a camisa da seleção brasileira. Messi levou anos a fio até começar a mostrar algum futebol de qualidade com a camisa da seleção da Argentina. Coisa absolutamente normal. Afinal, Pelé foi um só.

O problema de Neymar é sua atitude.

Pelé nunca se preocupou com cortezinhos de cabelo – que eu, particularmente, acho ridículos e mostram o desvio de foco do atleta. O mesmo vale para Zico, Falcão, Sócrates, Messi, Rivelino e outros tantos grandes de suas respectivas gerações. Até Maradona!

Neymar está cada vez mais para Robinho do que para qualquer um desses citados acima.

Falta foco. Como agora, quando está nas manchetes por conta de sua badalada festa de aniversário, sua namorada do momento… e suas novas mechas capilares!

Não sei se a marra, a máscara de se ofender com uma crítica é de Neymar ou do gênio de seu empresário, péssimo substituto para o pai jogador, que antes assumia essa tarefa.

Mas a reação é de todo descabida.

Já passou da hora deste país só aceitar elogios e sempre se ofender com críticas. Opinião cada um tem a sua. Chega dessa coisa de “tadinho”!

Neymar, em campo, ao menos em campos nacionais, se acha intocável e faz gato e sapato dos árbitros brazucas, especialmente os paulistas.

Como disse alguém: jogo enroscou, lá vai Neymar forçar jogada, trombar no adversário, fazer uma fita daquelas e cavar pênaltis e expulsões que facilitem o caminho santista.

Às vezes com encenações que beiram o ridículo.

Isso sim atrasa o desenvolvimento dele como grande craque que poderá ser.

Até suas reações às intempéries futebolísticas dentro das quatro linhas parecem mostrar despreparo, resultando em um número absurdo de cartões amarelos e vermelhos para alguém que pretende ser estrela – e, logo, foco de atenção – do espetáculo.

Eu acho que Neymar tem realmente muito mais recursos que Lionel Messi. Que depende menos de esquema de jogo ou de bons companheiros do que o argentino para brilhar. Mas daí a ser melhor, ou mesmo chegar perto, vai uma grande diferença.

Somando tudo, muita pose para pouco futebol.

É tudo questão de foco. E profissionalismo.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: