Início > Brasil, Política > POLÍTICA ► Não sou nordestino nem desinformado, FHC, apenas não sou elitista e preconceituoso como você aparenta ser

POLÍTICA ► Não sou nordestino nem desinformado, FHC, apenas não sou elitista e preconceituoso como você aparenta ser

preconceito_nordesteOutro dia Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República e cabeça coroada do cada vez mais direitista partido PSDB, disse, entre uma e outra palavra rebuscada aqui e ali, resumidamente, que nordestinos e desinformados votaram em Dilma Rousseff no primeiro turno do atual pleito eleitoral.

Bem, eu me senti ofendido, pois eu voto em Dilma Rousseff – assim como votei em Lula. E mais ainda, como NÃO voto no PSDB.

E devo dizer ao “seu” FHC que não sou nordestino (embora papai seja, assim como muitos parentes) nem desinformado, mas não sou presunçoso, prepotente e preconceituoso como você -digo, como ele.

Ser nordestino ou não, obviamente, não é a questão. Até porque, como disse, tenho o Nordeste no sangue e muito me orgulho disso. Aliás, tenho ascendência não apenas nordestina, como negra e indígena. E me sinto até mais brasileiro assim, mais ligado à miscigenação que formou nosso povo.

Me senti ofendido por me considerar vítima da presunção elitista típica do partido pelo qual milita esse senhor, que parece atestar com suas palavras o nacionalmente propalado preconceito paulista contra o nordestino.

Talvez em virtude do tempo estudando para obter seus diversos títulos de bacharelado, doutorado, PhD e afins, Fernando Henrique Cardoso pode não ter tido tempo de conhecer a realidade brasileira.

Se conhecesse, saberia que os votos em Dilma Rousseff, do PT, podem ser entendidos, no mínimo, como de reconhecimento por um partido que, desde que assumiu o governo com Lula em 2002, tirou da miséria milhões, milhões e milhões de brasileiros que eram apenas número no governo anterior. E muitos desses milhões vivem no Nordeste.

Bem, “miséria” é uma palavra que FHC e o PSDB só aparentam conhecer de “ouvir falar”. Se não fosse tão precavido, eu poderia até apostar que FHC só conheceu miséria através dos números estatísticos de seu governo. Um governo no qual dezenas de milhões de brasileiros miseráveis foram praticamente ignorados por suas “políticas sociais”, as mesmas “políticas sociais” (só usando aspas mesmo) que sempre ignoraram o miserável e, em particular, o nordestino séculos a fio no Brasil – vide a questão das seca, mas isso quero registrar em outro post.

Para quem sempre teve tudo na mão, para quem nunca passou necessidade, talvez seja difícil entender o sofrimento de uma mãe ou de um pai por não poder colocar um prato de comida na mesa para saciar a fome dos filhos ao menos uma vez por dia.

Pois as dezenas de miseráveis do governo FHC que passaram, após o governo Lula, a – pelo menos – alimentar a família e até dar seus primeiros passos no mercado consumidor, podem ter certeza, sabem o que isso significa.

E isso explica em boa parte os fiéis votos nordestinos à candidatura petista – embora existam milhões de brasileiros ainda por ter a dignidade e a cidadania resgatadas.

A maneira reducionista e preconceituosa com que Fernando Henrique Cardoso tenta justificar os votos de Dilma Rousseff no nordeste exemplifica bem a postura e a visão que o partido dele, o PSDB, e sua coligação, em especial com o seu partido irmão, o DEM, têm em relação às camadas menos favorecidas da população brasileira.

Aliás, podemos “reduzir o reducionismo” dessa gente assim: votou contra, o voto é desqualificado. Sempre.

E nunca é demais lembrar: DEM, para os esquecidos, é o atual nickname do PFL. PFL que, para os esquecidos 2, filhote revitalizado do PDS, que, para os esquecidos 3, era o nome “democrático” da Arena, o partido da ditadura militar.

Esses partidos, PFL, digo, DEM e PSDB, ou desconhecem essa realidade (numa visão condescendente) ou tripudiam mesmo sobre ela (numa visão, digamos, menos ingênua, maledicente até).

E uma afirmação dessas como a de Fernando Henrique Cardoso, no auge do período eleitoral, até atesta algo que costumo dizer: formação acadêmica não dá garantia de inteligência  a ninguém.

wallpaper_DILMA13_02_1920x1080

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: