Início > História, Imprensa > IMPRENSA ► Para entender a mídia como o quarto poder: “O Mercado de Notícias”, documentário de Jorge Furtado

IMPRENSA ► Para entender a mídia como o quarto poder: “O Mercado de Notícias”, documentário de Jorge Furtado

atenção_manipulacaoApós me recomendarem há bastante tempo, finalmente parei para assistir ao documentário “O Mercado de Notícias”.

“O Mercado de Notícias” é mais uma inestimável contribuição à cultura nacional proporcionada pelo diretor Jorge Furtado, aquele do icônico curta-metragem “Ilha das Flores”.

Está lá na Wikipédia: “O filme traça um paralelo sobre mídia e a democracia, incluindo uma breve história da imprensa, desde o seu surgimento, no século 17, até hoje, destacando seu papel na construção da opinião pública, seus interesses políticos e econômico.”

Ou seja: mostra a notícia como realmente é tratada pela imprensa: uma mercadoria a ser negociada conforme interesses do produtor –salvo, claro, as tais exceções que comprovam uma regra.

E, veja bem, não há nada de novo nisso: a obra é inspirada em uma comédia teatral escrita no século XVII!

Muito bem dirigida em tom de metalinguagem (o documentário propriamente dito, com depoimentos de jornalistas de diversas mídias, se desenvolve paralelamente aos ensaios de uma montagem da peça teatral), traz histórias e revelações importantes para a contextualização. Exemplos de manipulação de informação até didáticos ajudam a entender que na grande mídia, nos grandes veículos de comunicação de massa, a verdade dificilmente estará vestida como tal.

Pelo contrário, a verdade poderá ser apresentada descaracterizada, desvirtuada, de modo a ser vendida uma informação montada como uma drag queen, vendendo uma imagem que não é a real.

Vide a “agressão” sofrida pelo candidato José Serra durante uma certa campanha presidencial, como demonstra o vídeo.

O documentário “O Mercado de Notícias” está disponível para compartilhamento no YouTube. Sendo assim, o publico abaixo. Se alguém do grupo realizador da obra se sentir prejudicado com o compartilhamento, basta se manifestar.

*** *** ***

Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição – NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: