RSS

Arquivo da categoria: Futebol

FUTEBOL ► “O Árbitro”, por Eduardo Galeano

“O árbitro é arbitrário por definição. Este é o abominável tirano que exerce sua ditadura sem oposição possível e o verdugo afetado que exerce seu poder absoluto com gestos de ópera.

Apito na boca, o árbitro sopra os ventos da fatalidade do destino e confirma ou anula os gols. Cartão na mão, levanta as cores da condenação: o amarelo, que castiga o pecador e o obriga ao arrependimento, ou o vermelho, que o manda para o exílio.

Os bandeirinhas, que ajudam, mas não mandam, olham de fora. Só o árbitro entra em campo; e com toda razão se benze ao entrar, assim que surge diante da multidão que ruge. Seu trabalho consiste em se fazer odiar.

Única unanimidade do futebol: todos o odeiam. É vaiado sempre, jamais é aplaudido.

Ninguém corre mais do que ele. É o único obrigado a correr o tempo todo. Continuar lendo…

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de maio de 2017 em Esporte, Fluminense, Futebol

 

Tags: , , ,

MUNDO ► Sim, ainda pode haver esperança para a humanidade…

star_natalO Homem, nosso irmão maior, sempre acreditou. Ele acredita.

Por mais que eu possa estudar e ler Suas palavras, não posso negar ter quase sempre um pé atras, e algumas vezes os dois, em relação a isso.

Mas vez por outra consigo crer, sim, que a humanidade tenha salvação.

A reação de nossos irmãos sul-americanos – tão discriminados pela “elite” reacionária deste nosso país – à tragédia da Chapecoense é uma prova disso.

E não falo apenas da reação de colombianos…

Continue lendo…

 
Deixe um comentário

Publicado por em 1 de dezembro de 2016 em Futebol

 

Tags: , , , , ,

FUTEBOL ► A Chapecoense e eu: modesta homenagem de um tricolor

Quarta-feira, 23 de novembro de 2016. Atlético Mineiro e Grêmio jogavam a primeira partida da final da Copa do Brasil no Mineirão. Onde trabalho à noite, todas as estações de edição estavam com seus monitores de televisão sintonizados no clássico.

A TV na minha estação, não. Enquanto trabalhava, eu, torcedor do Fluminense desde antes de nascer, ficava de olho na telinha que mostrava o duelo entre a Chapecoense e o San Lorenzo argentino, segunda partida da semifinal da Copa Sul-Americana.

Coração na mão como se ao lado do verde e branco um grená houvesse.

E quase saltei da cadeira quando o goleiro Danilo garantiu a vaga na grande decisão ao defender com o pé um chute da pequena área no lance final da partida. Um feito inédito e merecido para um clube de uma pequena cidade que trabalha com extrema organização e competência para se manter na principal competição do futebol brasileiro.

Um resultado que me deixou particularmente contente, diria até que infantil ou ingenuamente contente, pois tenho com a Chapecoense uma ligação afetiva que vem dos tempos de criança.

Continue lendo…

 
1 comentário

Publicado por em 29 de novembro de 2016 em Esporte, Futebol

 

Tags: , , , , , ,

FLUMINENSE ► Prejudicado pela arbitragem, Fluminense fica no empate com o Vitória

O cartão vermelho virou cartão de crédito

O cartão vermelho que virou cartão de crédito

Eu poderia escrever sobre esse jogo – o primeiro que pude ver no estádio este ano, um recorde negativo em minha carreira de torcedor – abordando o óbvio, o mais do mesmo: Flu sucumbe a falhas táticas e fracassa novamente.

Mas vi tanto jornalista esportivo limitado, desatento ou descompromissado falando asneira sobre o primeiro gol do Fluminense que não consegui me conter de defender minhas cores argumentando com o óbvio.

E olha que estou de bom humor. Mas é que nessas horas sempre imagino Nelson Rodrigues clamando a plenos pulmões: “Idiotas da objetividade! Idiotas da objetividade!”

O fato é que o Fluminense foi tremendamente prejudicado pela arbitragem do pernambucano Nielson Nogueira Dias na partida contra o Vitória, que terminou empatada em 2 x 2.

No lance do gol de empate do Fluminense, nosso primeiro gol, o zagueiro Victor Ramos, último homem da linha defensiva, já amarelado, puxa clara e acintosamente o atacante Wellington pela camisa quando o 11 tricolor entrava livre na área.

Um lance de cartilha que vale o cartão amarelo em qualquer setor do campo. Ali, muitos até aplicam o vermelho direto. Mas o juiz, pessimamente orientado pelo auxiliar, achou de marcar pênalti e cometeu o crime de não expulsar o zagueiro!

Continuar lendo…

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de outubro de 2016 em Fluminense, Futebol

 

Tags: , , , , , ,

FLUMINENSE ► O Fluminense 2016: a vantagem de ser invisível – mas pode chamar de “Só a Baixada salva o Fluminense do Levir Culpi!”

Eu estava evitando escrever sobre o Fluminense. Ando ocupado, tenho ainda pouca tolerância com o errado… Mas é o Fluminense. E são registros meus.

Querendo ou não, parte de mim, de minha vida. Então acabei até me perdendo em teclas, mais ou menos como nosso treinador em relação ao time, tentando entender o ano tricolor. Um ano estranho, mambembe, sem Maracanã, ouvindo minha princesa de 5 anos perguntar a toda hora: “Papai, quando vamos no jogo no Fluminense outra vez?”

O Fluminense fez – ou faz – quase tudo errado neste Brasileirão de 2016. Ou quase tudo para que estivesse fazendo um mau campeonato.

No início, o time era um dos apontados como favorito para brigar em cima. Carecia de um meia (que eu, inclusive, dizia que Diego, ex-Santos, era um ótimo nome disponível – o Flamengo também achou isso…), um lateral esquerdo (Fábio Santos estava dando sopa, o Galo pegou…). mas havia grupo com nomes e razoável talento suficientes para conseguir algo mais do que apenas fazer figuração.

De repente, viu-se sem seus dois jogadores que poderiam fazer uma diferença a mais, que o colocavam naquele patamar acima. Direta ou indiretamente, pelas mãos do treinador Levir Culpi o Flu perdeu Diego Souza e Fred.

Continue lendo…

 
Deixe um comentário

Publicado por em 17 de outubro de 2016 em Fluminense, Futebol

 

Tags: , , , , ,

FUTEBOL ► Uma imagem pode realmente valer por mil palavras

Nããããã~1
Que o jornalismo esportivo brasileiro anda paupérrimo, creio que muitos percebem. Mas uma coisa pouco notada é a falta de atenção dada ao fotojornalismo.

Desde criança, como fã de esportes, sempre admirei fotografias de tudo quanto é competição. Época áurea da revista “Placar”.

Não sei quando isso começou a mudar. Mas sei que as fotos de hoje andam bem parecidas com um clicar qualquer amador numa pelada de esquina. continue lendo

 
Deixe um comentário

Publicado por em 12 de outubro de 2015 em Futebol

 

Tags: , ,